Ananda Nahú é uma pintora, muralista e artista visual com mais de 16 anos de carreira, seu estilo se diferencia pelo multiculturalismo visual fortemente presente em suas obras, fazendo releituras de movimentos artísticos e técnicas de pintura do passado trazidas para atualidade, reformulando as manifestações da Arte ao longo da historia para as necessidades da contemporaneidade.

 

Suas obras apresentam um forte estudo antropológico cultural do ser humano, resgatando a história da arte das mais diversas nacionalidades, transformando e atualizando antigas correntes de pensamentos para as necessidades artísticas da atualidade. Através da pintura sua Arte mistura as culturas visuais dos povos, que são refeitas para nascer o novo. 

 

Em seu currículo consta uma forte atuação no mercado de Arte Europeu e dos Estados Unidos. Ao longo de sua carreira participou ativamente de projetos artísticos-sociais da ONU, União Europeia e Prefeitura de Nova York entre outros. Ananda foi artista convidada de campanhas publicitarias para multinacionais como Nike, Gucci e Bloomberg. Em 2015 foi publicado pela CNN Style e pela Phaidon como uma das artistas mais influentes do Brasil. Em 2016 quebrou o recorde nos Estados Unidos, onde pintou o maior mural do estado de Ohio, financiado pela Cleveland foundation, a maior e a mais antiga Fundação dos EUA.

                 + + + + + + + + 

 

 

Ananda Nahu nasceu em Juazeiro, Bahia, Brasil, em 1985. Em 2003 cursou Design e em 2004 Artes Plásticas na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia. Neste período, interessou-se pelo estudo da fotografia, pintura e gravura de artes plásticas, inspirada nos estudos e pesquisas da litografia, serigrafias, gravura em metal e, consequentemente, um estudo mais aprofundado dos cartazes ( com foco na França estudando Jules Cheret, toulouse lautrec, Parrish, Mucha, Dumas.. ) principais referências para as suas técnicas de gravura.

 

Em 2005 começou a desenvolver o stêncil, um dos mais antigos tipos de gravura para a obtenção de formas e imagens. Usando a mesma ideia de gravura tradicional ( encaixando as cores das artes ) aplicou essa combinação no stêncil e passou a trabalhar com múltiplas camadas de cor em grandes tamanhos aplicando em vários tipos de superfície ( de paredes das ruas em grande escala ate telas de pintura ). Foi quando desenvolveu mais fortemente em sua carreira os graffitis, muralismos e streetart. 

 

Este período foi marcado pela criação de centenas obras de arte com o uso do stencils de diferentes tamanhos, criando composições artísticas e dinâmicas em ambientes urbanos; murais nas cidades e também em quadros. Na telas de pintura começou a misturar muitas técnicas da arte urbana e pintura clássica com os mais diversos tipos de materiais, dando peso, relevo e forma para suas obras. Portanto, a mistura de estilos, cores, aspectos visuais, técnicas de pintura e diversidade no uso dos materiais é um traço marcante na obra de Ananda. O processo de criação e execução de suas pinturas alia a manipulação digital, seguida da criação física e manual das obras, a modernidade com o processo artesanal. 

 

No tema de suas obras podemos perceber o forte pensamento de integração de culturas e povos, referências visuais desde os tempos antigos até os dias atuais, trabalhando e interagindo harmoniosamente na mesma composição, onde os diferentes elementos se reúnem para um único estilo; visualmente se integram pacificamente numa só composição.

 

Para que todas as referências colaborem positivamente elas são modificadas e filtradas pela formação cultural da própria artista, originária de um país tropical efervescente onde a diversidade da natureza e das raças é a principal característica; este serve como meio para transformar e reinterpretar toda a estrutura dos aspectos artísticos / culturais escolhidos, de forma a modernizá-los para a realidade contemporânea da sociedade.

 

Assim, Ananda Nahu cria uma obra humana, sensível e delicada de olhar, remodelando as diversas facetas dos acontecimentos artísticos da história humana para os tempos atuais, adicionando cores vibrantes e formas dinâmicas e dando calor, vida, força e energia à composição de suas obras. 

Ananda mora atualmente no Rio de Janeiro. Em 2015, foi selecionada pela CNN Style como uma das artistas mais influentes do Brasil e, em 2016, bateu recorde nos Estados Unidos por ter pintado o mural mais longo do estado de Ohio.

Cleveland Foundation, 2016, Photo Derrick Qualles

Cleveland Foundation, 2016, Photo Lisa DeJong, The Plain Dealer

Part of the longest mural of Ohio, 2016